Aproveitando melhor os espaços de seu restaurante

Na segunda parte desta série, continuamos com nossas dicas e sugestões para que seu restaurante tenha a melhor distribuição possível para proporcionar aos seus clientes uma experiência incomparável.

Mesas e não cadeiras. Quando se planeja a capacidade de um restaurante, é de vital importância pensar em mesas, e não em cadeiras. Eis um exemplo: imagine um restaurante preenchido com mesas para 4 pessoas. Pode haver pessoas em todas as mesas, mas é improvável que os clientes cheguem apenas em grupos de 4 – então apesar de todas as mesas estarem preenchidas, muitas cadeiras ficarão vazias. Uma pessoa sozinha, um casal, ou grupo de 3 pessoas vão querer ficar em uma mesa só deles – o que significa mais cadeiras vazias e um desperdício de espaço valioso.

Por este motivo, um layout inteligente prevê uma variedade de tamanhos de mesa – pequenas, para casais e avulsos, médias para famílias e grupos pequenos, e uma ou duas mesas grandes para grupos maiores. O melhor arranjo é sempre o que permite uma movimentação rápida – uma mesa de quatro pessoas facilmente acomoda uma mesa menor para receber um grupo de 6 pessoas. Flexibilidade no sortimento das mesas do salão permite que você organize o esquema de assentos facilmente, para se enquadrar nas necessidades da sua clientela.

Quando aumentar o tamanho significa otimizar o tamanho. Quando se tem um salão enorme, existe a vontade de imediatamente preenche-lo completamente. Mas, se você oferece uma experiência de alta gastronomia, seus clientes esperam muito mais espaço entre as mesas. Ninguém paga um preço ‘premium’ pelo prazer de ficar amontoado com as outras mesas. Garanta que seu layout deixe bastante espaço entre as mesas, tanto as grande como as pequenas. Aproveite ao máximo o espaço tirando proveito de cantos acolhedores que serão apreciados por casais que preferem um lugar mais íntimo e reservado.

Por outro lado, restaurantes pequenos facilmente aceitam uma disposição mais próxima das mesas, o que reforça aquela sensação de informalidade calorosa. Mas, no mínimo, deve-se deixr espaço para que os funcionários circulem sem a necessidade de deslocar ninguém. Um cliente que passa sendo empurrado não vai voltar…

Por último, certifique-se que sua planta é adaptável para portadores de necessidades especiais, com acesso fácil para cadeira de rodas ou pessoas com mobilidade limitada.

Um restaurante bem planejado, com mesas de tamanhos variados, é a regra de outro para otimizar tanto seu espaço quanto o seu lucro.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta