110 anos de história

A história e a tradição da THONART, nos remete à imigração alemã, ao trabalho, determinação e perseverança de mãos que construíram o futuro. Fundada em 1908, a empresa trouxe para o Brasil o estilo e método de produção desenvolvido pelo austríaco Michael Thonet, e alavancada pela perseverança e determinação que tomava os imigrantes, prosperou rapidamente, tornando-se famosa no país inteiro pelas cadeiras de palhinha vienense, os bancos para piano, as estantes para livros, as mesas para chá e as poltronas de teatro. Mas sem dúvida, foram as cadeiras de balanço em imbuia e nogueira que realmente trouxeram fama à empresa.

A origem do nome Thonart, está na segunda geração que comandou a empresa. O novo nome é uma combinação de “Thonet” e “Arte”, e é a partir deste jeito artístico de fazer móveis e desta combinação entre técnica artesanal e inovação, que surgem móveis exclusivos: clássicos sem deixar de ser contemporâneos, leves sem deixar de ser resistentes.

A preocupação com o meio-ambiente faz parte do espírito da Thonart, e por isso, seus móveis são produzidos com madeira proveniente de cultivo próprio, matérias-primas de origem sustentável, e um rígido controle da geração, destinação e reciclagem de seus resíduos industriais.

Nestes 110 anos de história, a Thonart mantém o processo de fabricação artesanal, o acabamento cuidadoso, a precisão na arte de vergar madeira e a atenção na produção de cada peça, garantindo uma qualidade incomparável.