, ,

Evite erros na gestão de seu restaurante

Minimizar o trabalho da gestão de um restaurante é um erro grave, que pode custar tempo, dinheiro e saúde. Por isso, reunimos mais alguns erros comuns na gestão de um restaurante, que podem te ajudar a prevenir problemas futuros.

 

Economizar no investimento inicial

O que começa bem, termina bem. É um clichê, mas é perfeitamente válido para evitar o terceiro erro da lista – economizar nos elementos básicos que qualquer restaurante precisa para funcionar.

Estes elementos são muitos, e variados: o local em si (pintura, marcenaria, eletricidade e hidráulica), as instalações sanitárias, o equipamento de cozinha industrial, o mobiliário – mesas, cadeiras, booths, balcões, medidas de segurança e prevenção de incêndios, o pessoal de cozinha, bar, salão, administração e limpeza…

Abrir um restaurante exige um investimento inicial, e certas despesas deste budget devem ser enfrentadas de qualquer forma.

 

Contratar familiares sem experiência

O quarto erro é o mais comum entre empreendedores mais jovens: abrir um restaurante e contratar seus pais, irmãos, primos e amigos, sem que tenham a mínima experiência. Vemos este erro refletido claramente em reality shows como “Kitchen Nightmare”, mas ele continua se repetindo.

A equipe de um restaurante é fundamental para o sucesso ou fracasso de um projeto, e por isso é importante contratar o melhor chef que você conseguir, e recrutar garçons e garçonetes com experiência. Dessa forma, você poderá oferecer a seus clientes o nível de qualidade que eles estão pagando, e evitará infinitas discussões familiares que nunca acabam bem.

 

Ser igual aos demais

O Brasil é um país com mais de um milhão de estabelecimentos como restaurantes e bares. Esta é uma boa notícia para os clientes, para os setores de turismo e gastronomia, mas também é uma má notícia para empreendedores pouco criativos.

Abrir e gerir um restaurante hoje em dia exige ao investidor que libere a imaginação para se destacar entre a concorrência. Não adianta abrir um restaurante igual a todos os outros do bairro. Ser igual a todos é um erro grave, e por isso deve-se pensar em um restaurante diferente, original e único.

Mas de que formas pode-se diferenciar da concorrência direta?

  • Escolher uma temática gastronômica não-convencional: vegetariano, ecológico, infantil, pet friendly
  • Oferecer menus temáticos com prazos definidos – semana do vinho, mês dos frutos-do-mar, etc.
  • Combinando o negócio com outro segmento de lazer: música ao vivo, shows, etc.

 

Lembre-se destes detalhes quando chegar o momento de colocar em prática seu projeto de restaurante!